Resgatando
acervos populares

O Instituto Cultural Flávio Gutierrez desenvolve projetos museológicos e museográficos que priorizam a questão da memória cultural, com foco em áreas ainda pouco exploradas da Museologia brasileira.

As coleções que compõem o acervo do ICFG se distinguem pela diversidade e pela força original de seu conjunto. Em sua maioria, são coleções de peças religiosas e de objetos populares e antigos, que não se constituem em acervo organizado de nenhum outro museu brasileiro.

O trabalho do ICFG é justamente o de resgatar estes acervos populares dando-lhes um sentido de permanência e de representatividade no contexto da memória e da identidade cultural.

Como parte da filosofia institucional que orienta as ações do ICFG, as coleções são organizadas e posteriormente doadas, em caráter definitivo, ao Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: IPHAN. Os acervos doados passam a se constituir em acervos de domínio público, cabendo ao ICFG a responsabilidade pela administração e manutenção dos mesmos, através dos museus que implanta.

Os projetos museológicos respondem, portanto, pela exibição e difusão dos acervos, apresentando concepção de montagem e operação que incorpore adequadas soluções de design, instalação, exposição e serviços.

Ainda como parte deste trabalho de resgate e requalificação cultural, os projetos do ICFG envolvem a recuperação dos prédios históricos nos quais os museus são instalados. Em geral, são prédios já tombados pelo patrimônio público, mas que se encontram em estado precário de manutenção e carentes de adequado tratamento.